Find me

24 de novembro de 2010

Roleta Russa

Palavras são apenas palavras. Palavras correm, voam, fogem. Palavras não significam mais nada.
Quando fecho os olhos ainda posso sentir suas mãos sobre meus olhos, como se quisesse me proteger de todo mal ao meu redor.
Se os abro, tento segurar suas mãos mas não consigo. Elas apodrecem em minha frente, elas queimam, elas machucam.
Grito em silêncio para te levar daqui. Fechas os ouvidos e vive da ilusão.
Ilusão mais forte que tu, mais forte que eu. Mais forte que todo calor que existia aqui.
Sorrisos falsos tentam quebrar o gelo que restou. Impossível.
Queria sentir algo além de pena e te contar que não durmo á noite. Que em pesadelos mais obscuros tento em vão te trazer de volta pra mim.
Que tudo o que eu senti era verdadeiro, e que de todos que se foram és o único que levou um pedaço de mim.
Nem as mais doces palavras, nem o mais longo dos abraços, o mais sincero dos sorrisos ou a mais verdadeira das lágrimas farão mudança alguma.
Estamos presos em palavras que não foram ditas, em promessas não cumpridas. Estamos presos.

15 comentários:

  1. Ai, não entendi muito bem, confesso, mas mesmo assim o texto é bem forte...
    "Quando fecho os olhos ainda posso sentir suas mãos sobre meus olhos, como se quisesse me proteger de todo mal ao meu redor."

    Poxa, que frase legal.... Adorei essa...

    ResponderExcluir
  2. Ameeei o blog!
    Parabéens!!!
    seguindo :)
    qdo puder dá uma passadinha no meu XD

    http://corazonmexicano.blogspot.com/

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Fico feliz em saber que gostaram, mas infelizmente tenho a maldita mania de escrever "pra mim" e a maioria das pessoas que leem o meu blog não devem entender metade do que publico aqui. Mas muito obrigada pelos elogios.

    ResponderExcluir
  4. ''Sorrisos falsos tentam quebrar o gelo que restou. Impossível.''
    Muito lindo, de verdade.
    Admirei!

    ResponderExcluir
  5. incriveel, mt profundo.
    se quizer vizitar o meu depois :
    bjos

    ResponderExcluir
  6. ADOREEEEEEEEEEEEEEEEEI... seu blog me fez sentir completamente á vontade. Amei as citações ao lado. Sua escrita é realmente intensa e deliciosa.

    Parabééns.
    * vou seguir.

    ** Na comunidade do orkut eu tinha comentado o seu, mas outro guri postou em cima... E eu não pude deixar de elogiar um blog como este.
    Parabéns, novamente.

    ResponderExcluir
  7. sai dessa babe! você escreve bem, mas não se prende no que já foi escrito..

    www.decopocheio.blogspot.com
    blog meu e de uns amigos meus.. depois dá uma olhada

    ResponderExcluir
  8. Eu entendi exatamente.
    é isso que eu acho legal no blog, agora, apesar de não saber quem é você, eu sei exatamente o que você tá sentindo, talvez mais até do que se você falasse isso aí pra sua sua melhor amiga, ou pra sua mãe.. enfim, entendeu o que eu quis dizer ?
    Acredite, eu só comento quando gosto realmente, ou me indentifico com o texto, meus comentários não são p encher linguiça.
    Tô te seguindo.

    ResponderExcluir
  9. sinceramente vc não deve se preocupar com isso... o texto é intenso e pronto. todos escrevem para si, isso é um fato! se escrevemos é pq queremos demonstrar algo, seja que te aflija ou que te alegra!

    parabéns!

    ResponderExcluir
  10. muito bom blog, otima post abrass www.levelgamed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Estou passando aqui para te seguir , mas prometo voltar em breve e comentar as suas postagens!
    Abraço (me segue tbm!)
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Adorei o estilo no teu blog.
    To seguindo.
    Dá uma chagadinha no meu tbm.
    bjo
    http://noitesroubadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. estranhamente a música que eu tava ouvindo quando li combinou em alguns pontos, acho que principalemtne esse
    -Se eu te troquei não foi por maldade.
    Amor, veja bem, arranjei alguém
    chamado "Saudade'.

    ResponderExcluir